segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Se eu vir.

A forma verbal de "ver" indicadora de hipótese futura, antecedida da conjunção "se" ou "quando", dentre outros termos, é "vir". 


- Se eu vir que algo está errado, alertá-lo-ei. 

- Quando você vir Flávia, diga-lhe o quanto a admiro. 

- Assim que vir o produto encomendado, comprá-lo-ei. 


O mesmo ocorre com os derivados de "ver", como "prever, rever, antever", ou seja, a indicação de hipótese futura terá a forma verbal estruturada com "-vir":


- Se eu previr o futuro, contar-lhe-ei. 

- Quando eu revir as contas, dir-lhe-ei o resultado. 


As demais pessoas também têm "vir" na estrutura verbal: se nós virmos, quando antevirmos, assim que revirmos; se eles virem, se previrem, quando revirem. 

sábado, 8 de outubro de 2016

Hífen em bem e mal.

Hífen em "bem" e  "mal"


Usa-se o hífen nos compostos com "bem e mal", quando o elemento que lhes segue se iniciar por vogal ou h


No entanto muitos são os exemplos de compostos hifenizados em que depois de "bem" há elemento iniciado por consoante. 


E os nomes de doenças iniciados por "mal" serão hifenizados sempre, independentemente da primeira letra do elemento seguinte. 


Veja o que registra o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa quanto aos compostos iniciados por "bem" e por "mal":


bem-acabado adj.; pl. bem-acabados

bem-aceito adj.; pl. bem-aceitos

bem-acondicionado adj.; pl. bem-acondicionados

bem-acondiçoado adj.; pl. bem-acondiçoados

bem-acostumado adj.; pl. bem-acostumados

bem-adaptado adj.; pl. bem-adaptados

bem-afamado adj.; pl. bem-afamados

bem-afortunado adj.; pl. bem-afortunados

bem-afortunar v.

bem-agradecido adj.; pl. bem-agradecidos

bem-ajambrado adj.; pl. bem-ajambrados

bem-amado adj. s.m.; pl. bem-amados

bem-andança s.f.; pl. bem-andanças

bem-andante adj.2g.; pl. bem-andantes

bem-apanhado adj.; pl. bem-apanhados

bem-apessoado adj.; pl. bem-apessoados

bem-apresentado adj.; pl. bem-apresentados

bem-arranjado adj.; pl. bem-arranjados

bem-arrumado adj.; pl. bem-arrumados

bem-aventurado adj. s.m.; pl. bem-aventurados

bem-aventurança s.f.; pl. bem-aventuranças

bem-aventurar v.

bem-avindo adj.; pl. bem-avindos

bem-avisado adj.; pl. bem-avisados

bem-bom s.m.; pl. bem-bons

bem-casadinho s.m.; pl. bem-casadinhos

bem-casadinhos s.m.pl.

bem-casado s.m.; pl. bem-casados

bem-casados s.m.2n.

bem-comportado adj.; pl. bem-comportados

bem-composto adj.; pl. bem-compostos

bem-conceituado adj.; pl. bem-conceituados

bem-conformado adj.; pl. bem-conformados

bem-criado adj.; pl. bem-criados

bem-curada s.f.; pl. bem-curadas

bem-dado s.m.; pl. bem-dados

bem-disposto adj.; pl. bem-dispostos

bem-ditoso adj.; pl. bem-ditosos

bem-dizente ou bendizente adj.2g.; pl. bem-dizentes

bem-dizer ou bendizer v.

bem-dormido adj.; pl. bem-dormidos

bem-dotado adj.; pl. bem-dotados

bem-educado adj.; pl. bem-educados

bem-encarado adj.; pl. bem-encarados

bem-ensinado adj.; pl. bem-ensinados

bem-estar s.m.; pl. bem-estares

bem-fadado adj.; pl. bem-fadados

bem-fadar v.

bem-falante adj. s.2g.; pl. bem-falantes

bem-fazer ou benfazer v.

bem-humorado adj.; pl. bem-humorados

bem-ido adj.; pl. bem-idos

bem-intencionado adj. s.m.; pl. bem-intencionados

bem-lançado adj.; pl. bem-lançados

bem-mandado adj.; pl. bem-mandados

bem-me-quer s.m.; pl. bem-me-queres

bem-merecer v.

bem-merecido adj.; pl. bem-merecidos

bem-nado adj.; pl. bem-nados

bem-nascido adj.; pl. bem-nascidos

bem-ordenado adj.; pl. bem-ordenados

bem-ouvido adj.; pl. bem-ouvidos

bem-parado adj.; pl. bem-parados

bem-parecido adj.; pl. bem-parecidos

bem-pensante adj. s.2g.; pl. bem-pensantes

bem-posto adj.; pl. bem-postos

bem-procedido adj.; pl. bem-procedidos

bem-proporcionado adj.; pl. bem-proporcionados

bem-querença ou benquerença s.f.; pl. bem-querenças

bem-querente ou benquerente adj.2g.; pl. bem-querentes

bem-querer ou benquerer v. s.m.; pl. bem-quereres

bem-querido ou benquerido adj.; pl. bem-queridos

bem-sabido adj.; pl. bem-sabidos

bem-soante adj.2g.; pl. bem-soantes

bem-sonância s.f.; pl. bem-sonâncias

bem-sonante adj.2g.; pl. bem-sonantes

bem-sucedido adj.; pl. bem-sucedidos

bem-talhado adj.; pl. bem-talhados

bem-temente adj. s.2g.; pl. bem-tementes

bem-vestido adj.; pl. bem-vestidos

bem-vestir v. s.m.; pl. bem-vestires

bem-vindo adj.; pl. bem-vindos

bem-visto adj.; pl. bem-vistos


bendição s.f.

bendito adj. s.m.

bendizente adj.2g.

bendizer v.

benfazejo (ê) adj.

benfazente adj.2g.

benfazer v.

benfeito s.m.

benfeitor (ô) adj. s.m.

benfeitoria s.f.

benfeitorização s.f.

benfeitorizado adj.

benfeitorizador (ô) adj.

benfeitorizante adj. s.2g.

benfeitorizar v.

benquerença s.f.

benquerente adj.2g.

benquerer v. s.m.

benquerido adj.

benquistado adj.

benquistar v.

benquisto adj.


mal-acabado adj.; pl. mal-acabados

mal-acondicionado adj.; pl. mal-acondicionados

mal-aconselhado adj.; pl. mal-aconselhados

mal-acostumado adj.; pl. mal-acostumados

mal-adaptado adj.; pl. mal-adaptados

mal-afamado adj.; pl. mal-afamados

mal-afeiçoado adj.; pl. mal-afeiçoados

mal-afortunado adj.; pl. mal-afortunados

mal-agoirado adj.; pl. mal-agoirados

mal-agourado adj.; pl. mal-agourados

mal-agradecido adj.; pl. mal-agradecidos

mal-ajambrado adj.; pl. mal-ajambrados

mal-ajeitado adj.; pl. mal-ajeitados

mal-amada adj. s.f.; pl. mal-amadas

mal-amado adj. s.m.; pl. mal-amados

mal-amanhado adj.; pl. mal-amanhados

mal-andança s.f.; pl. mal-andanças

mal-andante adj. s.2g.; pl. mal-andantes

mal-apanhado adj.; pl. mal-apanhados

mal-apessoado adj.; pl. mal-apessoados

mal-apresentação s.f.; pl. mal-apresentações

mal-apresentado adj.; pl. mal-apresentados

mal-armado adj.; pl. mal-armados

mal-arranjado adj.; pl. mal-arranjados

mal-arrumado adj. s.m.; pl. mal-arrumados

mal-assada s.f.; pl. mal-assadas

mal-assado adj. s.m.; pl. mal-assados

mal-assimilação s.f.; pl. mal-assimilações

mal-assimilado adj.; pl. mal-assimilados

mal-assombrado adj. s.m.; pl. mal-assombrados

mal-assombramento s.m.; pl. mal-assombramentos

mal-assombro s.m.; pl. mal-assombros

mal-aventura s.f.; pl. mal-aventuras

mal-aventurado adj.; pl. mal-aventurados

mal-aventurar v.

mal-avindo adj.; pl. mal-avindos

mal-avinhado adj.; pl. mal-avinhados

mal-avisado adj.; pl. mal-avisados

mal-azado adj.; pl. mal-azados

mal-educado adj.; pl. mal-educados

mal-empregado adj.; pl. mal-empregados

mal-empregar v.

mal-encarado adj.; pl. mal-encarados

mal-enganado adj.; pl. mal-enganados

mal-engraçado adj.; pl. mal-engraçados

mal-enjorcado adj.; pl. mal-enjorcados

mal-ensinado adj.; pl. mal-ensinados

mal-entender v.

mal-entendido adj. s.m.; pl. mal-entendidos

mal-entrada s.f.; pl. mal-entradas

mal-entrajado adj.; pl. mal-entrajados

mal-entrouxado adj.; pl. mal-entrouxados

mal-estar s.m.; pl. mal-estares

mal-estreado adj.; pl. mal-estreados

mal-exemplar v.

mal-educado adj.; pl. mal-educados

mal-empregado adj.; pl. mal-empregados

mal-empregar v.

mal-encarado adj.; pl. mal-encarados

mal-enganado adj.; pl. mal-enganados

mal-engraçado adj.; pl. mal-engraçados

mal-enjorcado adj.; pl. mal-enjorcados

mal-ensinado adj.; pl. mal-ensinados

mal-entender v.

mal-entendido adj. s.m.; pl. mal-entendidos

mal-entrada s.f.; pl. mal-entradas

mal-entrajado adj.; pl. mal-entrajados

mal-entrouxado adj.; pl. mal-entrouxados

mal-estar s.m.; pl. mal-estares

mal-estreado adj.; pl. mal-estreados

mal-exemplar v.

mal-humorado adj.; pl. mal-humorados

mal-intencionado adj. s.m.; pl. mal-intencionados

mal-limpo adj.; pl. mal-limpos

mal-mal adv.

mal-olhado adj. "malvisto"; pl. mal-olhados; cf. mau-olhado

mal-ordenado adj.; pl. mal-ordenados

mal-ouvido adj. s.m.; pl. mal-ouvidos

mal-ouvir v.

mal-usar v.


malcabido adj.

malcasado adj. s.m.

malcheirante adj.2g.

malcheiroso (ô) adj.; f. (ó); pl. (ó)

malcomido adj.

malcomportado adj.

malconceito s.m.

malconceituado adj.

malcondizente adj.2g.

malcondizer v.

malconduzido adj.

malconfiante adj.2g.

malconfiar v.

malconformação s.f.

malconformado adj.

malconjunto adj.

malconservado adj.

malcontentadiço adj.

malcontente adj.2g.

malcorrente adj.2g.

malcozer v.

malcozido adj.

malcozinhado adj. s.m.

malcriação s.f.

malcriadez (ê) s.f.

malcriadeza (ê) s.f.

malcriadice s.f.

malcriado adj.

malcuidado adj.

maldigno adj.

maldisposto (ô) adj.; f (ó); pl. (ó)

malditoso (ô) adj.; f. (ó); pl. (ó)

maldizedor (ô) s.m.

maldizente adj. s.2g.

maldizer v. s.m.

maldormido adj.

malfadado adj. s.m.

malfadar v.

malfalado adj.

malfalante adj. s.2g.

malfazejo (ê) adj. s.m.

malfazente adj.2g.

malfazer v. s.m.

malfeita s.f.

malfeito adj. s.m.

malfeitor (ô) adj. s.m.

malfeitoria s.f.

malfeliz adj. s.2g.

malfigurado adj.

malformação s.f.

malformado adj.

malformar v.

malfurada s.f.

malganho adj.

malgastar v.

malgostoso (ô) adj.; f. (ó); pl. (ó)

malgovernado adj.

malgovernar v.

maljeitoso (ô) adj.; f. (ó) pl. (ó)

malmandado adj.

malmontado adj.

malnascido adj.

malnutrição s.f.

malparado adj.

malparar v.

malparecido adj.

malpassado adj.

malpecado

malposição s.f.

malposto (ô) adj.; f. (ó); pl. (ó)

malprocedido adj.

malpronto adj.

malpropício adj.

malproporcionado adj.

malpropriedade s.f.

malquerença s.f.

malquerente adj.2g.

malquerer

malquistado adj.

malquistar v.

malquisto adj.

malreger v.

malregido adj.

malsatisfazer v.

malsatisfeito adj.

malsegurar v.

malseguro adj.

malsentido adj.

malservido adj.

malsoante adj.2g.

malsucedido adj.

maltrabalhado adj.

maltrabalhar v.

maltratado adj.

maltratar v.


Doenças 


mal-americano s.m. - sífilis; pl. males-americanos

mal-bruto s.m. - lepra; pl. males-brutos

mal-caduco s.m. - epilepsia; pl. males-caducos

mal-escocês s.m. - sífilis; pl. males-escoceses

mal-francês s.m. - sífilis; pl. males-franceses

mal-gálico s.m. - sífilis; pl. males-gálicos

mal-germânico s.m. - sífilis; pl. males-germânicos

mal-morfético s.m. - lepra; pl. males-morféticos

mal-napolitano s.m. - sífilis; pl. males-napolitanos

mal-polaco s.m. - sífilis; pl. males-polacos

mal-triste s.m. - doença do gado bovino ou ovino transmitida pelo carrapato; pl. males-tristes

mal-turco s.m. - sífilis; pl. males-turcos

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Ele é um fenómeno do ténis.


Levam acento agudo ou acento circunflexo as palavras proparoxítonas, reais ou aparentes*, cujas vogais tônicas grafadas e ou o estão em final de sílaba e são seguidas das consoantes nasais m ou n


* Proparoxítonas são as palavras com a antepenúltima sílaba tônica. Proparoxítonas aparentes são as palavras terminadas em ea, eo, ia, ie, io, oa, ua, ue, uo com a sílaba anterior tônica. 


académico/acadêmico;

anatómico/anatômico;

cénico/cênico;

cómodo/cômodo;

fenómeno/fenômeno;

género/gênero;

topónimo/topônimo;

Amazónia/Amazônia;

António/Antônio;

blasfémia/blasfêmia;

fémea/fêmea;

gémeo/gêmeo;

génio/gênio;

ténue/tênue.


Algumas paroxítonas também. Paroxítonas são as palavras com a penúltima sílaba tônica. 

O texto do Acordo Ortográfico apresenta estas palavras:


sémen e sêmen;

xénon e xênon (Elemento químico);

fêmur e fémur;

vómer e vômer (Pequeno osso achatado, de formato trapezoidal, que constitui a parte inferior e posterior do septo nasal);

Fénix e Fênix;

ónix e ônix;

pónei e pônei;

gónis e gônis (Crista proeminente ao longo da linha de união das duas metades da mandíbula inferior de certas aves);

pénis e pênis;

ténis e tênis; 

bónus e bônus;

ónus e ônus;

tónus e tônus;

Vénus e Vênus.


Estude a Reforma Ortográfica em 

http://www.gramaticaonline.com.br/Page.aspx?Id=8&idcateg=3&IdSubcat=53

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O bebé fez cocó no bidé.

Com a Reforma Ortográfica, algumas palavras oxítonas - com a última sílaba mais forte que as demais -, geralmente provenientes do Francês, passaram a ter duas escritas: com acento agudo ou circunflexo. 


O documento oficial do Acordo apresenta estas palavras:


bebé ou bebê;

bidé ou bidê;

canapé ou canapê;

caraté ou caratê;

croché ou crochê;

guiché ou guichê;

matiné ou matinê;

nené ou nenê;

ponjé ou ponjê (Tecido leve de lã e seda crua misturadas);

puré ou purê;

rapé ou rapê;

cocó ou cocô;

 (letra do alfabeto grego) ou rê;

judô ou judo;

metrô ou metro.


Estude mais em 

http://www.gramaticaonline.com.br/page.aspx?id=9&iddetalhe=242&idsubcat=53&idcateg=3

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Chamei-o ou chamei-lhe de irresponsável?

Chamar = dar qualidade


O verbo "chamar", no sentido de "dar qualidade  positiva ou negativa", pode ser usado com ou sem a preposição "a"; a qualidade pode ser antecedida ou não da preposição "de". 


- O pai chamou irresponsável o filho. 

- O pai chamou irresponsável ao filho.

- O pai chamou de irresponsável o filho.

- O pai chamou de irresponsável ao filho.

 

O termo qualificado pode ser substituído por "o, a, os, as" - se não for usada a preposição "a" - ou por "lhe, lhes" - se ela for usada. 


- O pai chamou-o irresponsável.

- O pai chamou-o de irresponsável.

- O pai chamou-lhe irresponsável.

- O pai chamou-lhe de irresponsável.


Estude mais em http://www.gramaticaonline.com.br/page.aspx?id=9&iddetalhe=564&idsubcat=63&idcateg=6

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Emerjo, imerjo, submerjo


Verbos terminados em "-ergir"


Na Folha de São Paulo de 11/09/2016, pág. A2, Bernardo Mello Franco, no texto "Desejo e sexo", escreveu a seguinte frase: "Nossa espécie nunca primou pela racionalidade, mas é só colocar sexo na história para que nossas doidices emerjam sem disfarce."


Certamente alguns estranharam o uso da forma verbal "emerjam", de "emergir", pouco comum no linguajar brasileiro atual, como também todos os outros verbos terminados em "-ergir". 


O problema é muito maior do que pensam os cidadãos comuns, pouco propensos aos estudos gramaticais. Observe o que dizem os dicionários acerca da conjugação dos verbos terminados em "-ergir". 


ASPERGIR, CONVERGIR, DIVERGIR


Os dicionários Aurélio e Houaiss, brasileiros, e Priberam, português, registram o seguinte:


Eu aspirjo, convirjo, divirjo; 

Tu asperges, converges, diverges;

Você/ele/ela asperge, converge, diverge;

Nós aspergimos, convergimos, divergimos;

Vós aspergis, convergis, divergis - a sílaba tônica é "gis";

Vocês/eles/elas aspergem, convergem, divergem. 


Que eu/você/ele/ela aspirja, convirja, divirja;

Que tu aspirjas, convirjas, divirjas;

Que nós aspirjamos, convirjamos, divirjamos;

Que vós aspirjais, convirjais, divirjais;

Que vocês/eles/elas aspirjam, convirjam, divirjam. 


Os demais tempos não apresentam dificuldade alguma: aspergi, convergiremos, divergiria, etc. 


O dicionário Michaelis, brasileiro, registra o mesmo, porém diz que "aspergir" é defectivo na primeira pessoa do singular do presente do indicativo e em seus derivados, ou seja:


Eu -o-, convirjo, divirjo; 

Que eu/tu/você/ele/ela/nós/vós/vocês/eles/elas -o-

As demais formas verbais são como visto acima. 


EMERGIR, IMERGIR, SUBMERGIR 


Os dicionários Aurélio e Houaiss registram o seguinte:


Eu -o-;

Tu emerges, imerges, submerges;

Você/ele/ela emerge, imerge, submerge;

Nós emergimos, imergimos, submergimos;

Vós emergis, imergis, submergis (A sílaba tônica é "gis";

Vocês/eles/elas emergem, imergem, submergem. 


Que eu/tu/você/ele/ela/nós/vós/vocês/eles/elas -o-


O dicionário Michaelis não julga esses verbos defectivos:


Eu emerjo, imerjo, submerjo;

Tu emerges, imerges, submerges;

Você/ele/ela emerge, imerge, submerge;

Nós emergimos, imergimos, submergimos;

Vós emergis, imergis, submergis (A sílaba tônica é "gis";

Vocês/eles/elas emergem, imergem, submergem. 


Que eu/você/ele/ela emerja, imerja, submerja;

Que tu emerjas, imerjas, submerjas;

Que nós emerjamos, imerjamos, submerjamos;

Que vós emerjais, imerjais, submerjais;

Que vocês/eles/elas emerjam, imerjam, submerjam. 


E o dicionário Priberam diz que a primeira pessoa (eu) e seus derivados têm duas possibilidades de conjugação:


Eu emerjo/emirjo, imerjo/imirjo, submerjo/submirjo 

Tu emerges, imerges, submerges;

Você/ele/ela emerge, imerge, submerge;

Nós emergimos, imergimos, submergimos;

Vós emergis, imergis, submergis (A sílaba tônica é "gis";

Vocês/eles/elas emergem, imergem, submergem. 


Que eu emerja/emirja, imerja/imirja, submerja/submirja;

Que tu emerjas/emirjas, imerjas/imirjas, submerjas/submirjas;

Que você emerja/emirja, imerja/imirja, submerja/submirja;

Que nós emerjamos/emirjamos, imerjamos/imirjamos, submerjamos/submirjamos;

Que vós emerjais/emirjais, imerjais/imirjais, submerjais/submirjais;

Que eles emerjam/emirjam, imerjam/imirjam, submerjam/submirjam. 


Bernardo Mello Franco optou pelo uso de "emerjam", conforme registra o dicionário Michaelis, mas poderia ter usado "emirjam", em conformidade com o dicionário português Priberam:


"...para que nossas doidices emerjam sem disfarce" ou

... para que nossas doidices emirjam sem disfarce.

Enriqueça o vocabulário

https://youtu.be/znwsUqKV--o

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Necropsia ou Necrópsia?


Apesar de a maioria dos dicionários registrar somente a forma "necropsia", sem acento e cuja sílaba tônica é "SI", o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), o documento oficial do nosso idioma, registra ambas as formas: necropsia e necrópsia. A letra "s" tem som de "s" em ambas as palavras. 


O sentido de "necropsia" ou "necrópsia", ou ainda "necroscopia" é,  "exame minucioso de um cadáver para detectar a causa e o momento da morte, para estudos médicos ou decisão judicial". 


Os dicionários, com exceção do Aurélio, registram como sinônimos de "necropsia, necrópsia e necroscopia" também "autopsia", sem acento e cuja sílaba tônica é "SI", e "autópsia". A letra "s" tem som de "s". 


O Aurélio diz que não se deve usar "autopsia ou autópsia" como sinônimos de "necropsia, necrópsia ou necroscopia", por o seu sentido exato ser "exame de si mesmo" ou "autoscopia". 





domingo, 18 de setembro de 2016

Já o assistiram X Já lhe assistiram

Estude mais no Gramática On-line:
http://www.gramaticaonline.com.br/Page.aspx?Id=8&idcateg=3

Já o assistiram ou Já lhe assistiram?

Numa propaganda sobre um trabalho a ser realizado por um palestrante, o locutor diz que milhares de "pessoas já o assistiram". 

No Português brasileiro é muito comum o uso de "assistir" sem preposição alguma (assistir algo, assistir alguém), embora os dicionários e as gramáticas rejeitem isso veementemente, sempre explicando ser corrente no Brasil, mas inadequado ao idioma padrão. 

Como a intenção do Gramática On-line é registrar o Português padrão, e não as formas populares, vamos ao que interessa:

O verbo "assistir" somente em um significado pode ser usado sem preposição - "dar assistência" ou, modernamente, "ajudar". Observe que se usou "pode ser usado", e não "deve ser usado". Isso quer dizer que a omissão da preposição é opcional:

- Aquele padre assiste os carentes do bairro com cestas básicas. 
- Aquele padre assiste aos carentes do bairro com cestas básicas. 

Nos outros sentidos a preposição "a" sempre tem de estar presente, e, no sentido de "morar", usa-se a preposição "em":

- Assistimos aos jogos da Seleção. 
- Não assisti aos últimos capítulos da novela. 
- Assiste ao prefeito a administração da cidade. (Cabe a ele; compete a ele)
- Assiste aos cidadãos o direito à educação e à saúde. 
- Assisto em Londrina desde 1964. 

Quando o complemento de "assistir a" for um substantivo feminino, deve-se usar o acento indicador de crase:

- Assistimos às apresentações da Seleção. 
- Não assisti às últimas cenas da novela. 
- Assiste à prefeita a administração da cidade. 
- Assiste às cidadãs o direito à educação e à saúde. 

Sabido isso, vejamos como usar os pronomes "o, a, os, as" e "lhe, lhes":

Os pronomes "o, a, os, as" complementam verbos sem preposição alguma, portanto só poderão complementar o verbo "assistir" no sentido de "dar assistência, ajudar":

- Os carentes, padre assiste-os com cestas básicas.
- As pessoas carentes, o padre assiste-as com cestas básicas.

Os pronomes "lhe, lhes" complementam verbos com a preposição "a", porém "assistir", no sentido de "ver ou estar presente", que exige a preposição "a", só admite o uso de " a ele, a ela, a eles, a elas". Não se deve usar "lhe, lhes", portanto, como complemento de "assistir" nesses sentidos. 

- Às apresentações da Seleção, assistimos a elas. (Não se deve usar "lhes" nem "as")
- Aos últimos capítulos da novela, não assisti a eles. (Não se deve usar "lhes " nem "os")
- Ao prefeito, assiste-lhe a administração da cidade. 
- Aos cidadãos, assiste-lhes o direito à educação e à saúde. 
- Aos carentes, o padre assiste-lhes com cestas básicas. 
- Às pessoas carentes, o padre assiste-lhes com cestas básicas. 

A frase dita pelo locutor, portanto, está inadequada ao Português padrão por dois motivos:

1- "Assistir", no sentido de "ver ou estar presente", exige a preposição "a" e os complementos "ele, ela, eles, elas". 
2- Não se assiste à pessoa - no sentido de "ver, estar presente", mas ao que ela apresenta; no caso, às palestras. 

A frase poderia ser assim estruturada:

... milhares de pessoas já assistiram às suas palestras. 

Ou usar outro verbo:

... milhares de pessoas já o prestigiaram. 

Repete-se: O que interessa ao Gramática On-line é o Português padrão, não as formas populares do Brasil; "... milhares de pessoas já o assistiram" é comuníssimo", mas inadequado ao idioma padrão.